9º dia - Fukuyama e Fukuoka: Castelos, Shopping e Yatai

Olá~
Já estamos no nono dia da viagem ao Japão que eu e meu irmão realizamos no final do ano passado. Nesse dia nós pegamos o shinkansen (trem-bala) e fomos até a região mais oeste do Japão, Kyushu! Lá nós visitamos a cidade de Fukuoka (a maior da região) e no meio do caminho passamos na cidade de Fukuyama. Confiram!

18 de Dezembro, Domingo

Museu de Arte e Castelo de Fukuyama

A princípio, este dia seria só da cidade de Fukuoka mesmo, mas uns meses antes da viagem, eu descobri que no Museu de Arte de Fukuyama teria uma exposição de espadas japonesas, sendo que duas delas estão presentes no jogo que eu adoro, Touken Ranbu. Então insisti um pouco com meu irmão e acrescentamos Fukuyama ao cronograma. Enquanto eu ia no museu ver a exposição, ele foi visitar o Castelo de Fukuyama, que era ao lado. O que ficou bem prático porque ambos eram na frente da estação.

Miniatura do Castelo de Fukuyama na estação de Fukuyama

No museu, até que tinha bastante gente pro horário, talvez por ser domingo e por ser o último dia exposição. Como já era de se esperar, era proibido tirar fotos. Só era permitido tirar do hall do museu, onde estavam dois totens em tamanho real dos personagens do jogo e duas ilustrações inéditas feitas para esta exposição. Tirei fotos e depois fui olhar as espadas. Eram verdadeiras obras de arte! Algumas tinham apenas a lâmina, mas outras tinham a empunhadura e a bainha, sempre com muitos detalhes. 

Museu de Arte de Fukuyama
Personagens do jogo Touken Ranbu, espadas Akashi Kuniyuki e Kousetsu Samonji
Castelo de Fukuyama visto do museu

O Castelo eu só vi por fora, enquanto ia e voltava do museu, mas meu irmão entrou e contou como foi. A maior parte dos prédios do castelo foi destruída na Segunda Guerra e a torre principal era uma reconstrução e por dentro funcionava um museu, como muitos castelos que a gente já tinha visitado. Não dava pra tirar fotos da parte interna, apenas no topo, que tinha uma vista bem legal da cidade e da estação de Fukuyama. Nos reencontramos nela e pegamos outro shinkansen para Fukuoka.
 
De lado esquerdo da rua, os muros do castelo e, do lado direito, a estação de trem
Portão do castelo
Castelo de Fukuyama
Vista do topo do castelo para estação
Vista do topo do castelo para o museu de arte


Castelo de Fukuoka e Templo Shofukuji

Chegamos em Fukuoka com bastante fome, então fomos no shopping Canal City, que fica relativamente perto da estação, para almoçar. No caminho passamos pela avenida onde abriu uma cratera em novembro do ano passado (vocês devem lembrar de ter visto nas notícias). Ela estava consertada mesmo, mas mesmo assim, tinha várias pessoas monitorando e nem todas as lojas daquela parte da avenida estavam funcionando. Chegamos no shopping e andamos muito até decidir onde almoçar. 1) Porque era enorme e 2) Porque a maioria dos restaurantes era caro. Então resolvemos ficar com um bom e velho ramen mesmo.

Rua onde se abriu uma cratera ano passado
Rua onde se abriu uma cratera ano passado
Shopping Canal City
Ramen

Explorar o shopping ia ficar para depois. Primeiro pegamos o metrô e fomos até o a estação do Parque Ohori, lugar onde antigamente se localizava o Castelo de Fukuoka. Do castelo original só sobraram ruínas e nós fomos lá para vê-las. O que nós encontramos de mais inteiro foi um portão e uma torre de vigia, mas o lugar parecia meio abandonado, tirando as pessoas que iam lá para caminhar e se exercitar. Seria legal se fizessem um museu lá, como muitos que nós vimos dentro de outros castelos.

Ruínas do Castelo de Fukuoka
Ruínas do Castelo de Fukuoka
Ruínas do Castelo de Fukuoka
Ruínas do Castelo de Fukuoka
Ruínas do Castelo de Fukuoka

Saindo de lá, nós pegamos novamente o metrô e fomos para o templo budista Shofukuji, o primeiro templo zen construído no Japão. Ele era bem bonito, com estruturas todas de madeira, um lago com uma ponte e muitas árvores. Perto das árvores também haviam vários gatinhos, que eram alimentados pelas pessoas que cuidavam do templo. Nós até teríamos ficado mais lá aproveitando o clima zen, mas depois chegou um grupo grande e barulhento de pessoas, então fomos embora.


Templo Shofukuji
Gatinhos dormindo nas folhas de outono caídas no gramado do templo
Templo Shofukuji
Templo Shofukuji
Templo Shofukuji
Templo Shofukuji
Templo Shofukuji


Shopping Canal City e Yatai

Voltamos para o shopping Canal City, dessa vez para olhar as lojas. Foi um dos shoppings mais legais que eu já fui, não só por ser enorme, mas porque a arquitetura era super criativa e diferente de qualquer shopping que eu já tivesse visto. Percorremos os 5 andares, entramos em várias lojas e fizemos algumas compras e algumas pausas pra descansar os pés também. Uma das atrações daquele dia, era um especial de One Piece transmitido numa das paredes do pátio interno do shopping, visível das sacadas e, mesmo não sendo fãs do anime, nós paramos um pouquinho pra ver achamos bem legal.

Pátio interno do Shopping Canal City
Transmissão do especial de One Piece numa das paredes do shopping
Iluminação de Natal do shopping

Quando começou a dar fome, nós saímos do shopping e fomos procurar uma das principais atrações das noites de Fukuoka, os Yatai, barracas de comida que servem comidas rápidas, como ramen e espetinhos, e bebidas. Eu já estava cansada de tanto ramen que eu já tinha comido, então peguei espetinhos de frango e porco. Estava bem frio e chuviscando, mas mesmo assim comemos sem problema, porque a barraca tinha proteção contra a chuva e uma mini fogueira nos nossos pés. Na verdade, estava até um pouco abafado ali dentro.

Espetinhos do yatai

Terminamos de comer e voltamos todo o caminho até a estação a pé. Mas dessa vez, não íamos voltar para o apartamento em Osaka, porque o caminho era longo e tínhamos mais lugares para visitar na região de Kyushu. Passamos pela estação e fomos para um hotel, bem perto dela, que tínhamos reservado. Assim como a estação, o hotel estava todo decorado para o Natal, com uma àrvore grande no lobby. Nosso quarto era pequeno, mas confortável e com um banheiro bem grande. Enquanto meu irmão tomava banho, eu assisti um dorama (novela) histórico sobre o período Sengoku. Dormimos cedo porque estávamos cansados.

Iluminação de Natal da Estação de Hakata
Lobby do Hotel
Corredor do 7º andar, onde ficava nosso quarto
Banheiro do nosso quarto

Esse foi o dia de Fukuyama e Fukuoka. No dia seguinte, fomos pra outra cidade da região de Kyushu, Nagoya, que na minha opinião, foi bem mais legal que Fukuoka. Aguardem! 
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.